Confraternidade de Santa Filomena

Recado do Diretor Espiritual

banner homepage_icon

2022-08-14

Domingo XX do Tempo Comum – Ano C


Leitura da Epístola aos Hebreus (Heb 12,1-4)


Ideia principal: Para chegar à meta e alcançar a vitória, o cristão teve ter Cristo como modelo; Ele suportou a Cruz, desprezando a sua ignomínia, para que nós tenhamos a vida em plenitude.

- Os hebreus terão sido muito provados na sua fé e na sua vida comunitária. Em fuga de Jerusalém, muitos deles tornaram-se cristãos. Estes, os hebreus cristãos, não percebem atitude dos outros hebreus… sendo um povo tão perseguido, como perseguem agora os seus irmãos de raça que aceitaram Jesus? Muitos caem no desânimo e, na vida comunitária, instalam-se na atitude fácil do comodismo e da mediocridade.

- Instalado o desânimo e sem o apoio de uma comunidade coesa, espreita um outro perigo: a cedência a doutrinas estranhas, pouco consentâneas com a fé original, recebida dos apóstolos. É então que o autor da Carta os exorta – a eles e a nós - à perseverança, servindo-se do exemplo de figuras do passado, desde Abraão a Moisés, que, pela firmeza e fortaleza da sua fé, deixaram um exemplo e uma memória imorredoira.

- O trecho lido neste domingo insiste em dois verbos característicos: suportar e resistir. Apetece perguntar: como podemos resistir, carregando, na corrida, o peso da Cruz? Há pesos e pesos… uns é preciso largar: o peso do pecado, um peso que nos faria fazer uma triste figura de nos arrastarmos ao longo da pista. Mas há um peso que nos faz ganhar asas rumo à meta. Aquele que Jesus abraçou por amor: o peso da Cruz.


Rezar a Palavra e contemplar o Mistério


Senhor Jesus, nesta última semana, tivemos a prova provada de que o caminho do cristão não é um passeio fácil e descomprometido, mas um caminho exigente, alvo de insidiosos ataques, que não se compadece, da parte do discípulo, com compromissos a “meio gás”… Senhor, como Tu, viva eu, cada dia, focado no cumprimento da vontade do Pai, que passa por um amor radical, pelo dom da vida, pela Cruz. Amem


LEITURA II – Heb 12,1-4


Irmãos:
Estando nós rodeados de tão grande número de testemunhas,
ponhamos de parte todo o fardo e pecado que nos cerca
e corramos com perseverança
para o combate que se apresenta diante de nós,
fixando os olhos em Jesus,
guia da nossa fé e autor da sua perfeição.
Renunciando à alegria que tinha ao seu alcance,
Ele suportou a cruz, desprezando a sua ignomínia,
e está sentado à direita do trono de Deus.
Pensai n’Aquele que suportou contra Si
tão grande hostilidade da parte dos pecadores,
para não vos deixardes abater pelo desânimo.
Vós ainda não resististes até ao sangue,
na luta contra o pecado.