Confraternidade de Santa Filomena

Recado do Diretor Espiritual

banner homepage_icon
2020-01-26

Domingo III do Tempo Comum – Ano A


Leitura da primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Coríntios (1 Cor 1, 10-13.17)

Ideia principal: Para realizar o projecto de salvação e de vida plena que Deus tem para nós, é preciso ter presentes os fundamentos da fé e os compromissos assumidos no baptismo.
- Depois da evangelização feita por Paulo, da qual surgiu a comunidade cristã de Corinto, passou por lá Apolo, judeo-cristão de Antioquia, pregador eloquente e versado nas Escrituras. Sem culpa nem de Apolo, nem de Paulo, a comunidade dividiu-se entre “os de Paulo” e os de Apolo”, como se o cristianismo fosse mais uma escola de sabedoria, em que cada um escolhe o “mestre” que mais lhe agrada.
- As “divisões” que Paulo refere não correspondem a cismas ou heresias, mas a “capelinhas” que se formaram: uns, pela eloquência de Apolo; outros, pela convicção de Paulo; outros, pela especial autoridade de Pedro; outros ainda, reivindicam uma ligação directa a Cristo, sem mediações. Paulo, sem ceder no que diz respeito à sua autoridade - por isso intervém – quer “que só Cristo brilhe”, numa primazia absoluta.
- Os apóstolos não são patrões, mas servos; não são os salvadores, o Salvador é um só, Cristo! O importante não é quem baptizou ou quem anunciou o Evangelho: o importante é Cristo, do qual Paulo, Cefas e Apolo são instrumentos humanos por Ele escolhidos. Os coríntios – e nós! – não devemos apegar-nos ou seguir os instrumentos, mas, ajudados por eles, redescobrir Cristo, que na Cruz se entregou por nós.


Rezar a Palavra e contemplar o Mistério


Ó Cristo, único Salvador! A luz do Evangelho brilha, mas a escuridão do pecado demora a desvanecer-se… às vezes ainda penso que sou imprescindível; ainda me deleito e iludo a ouvir elogios; até já perdi tempo com ciumeiras e rivalidades!!! A experiência cristã é encontro com Cristo, por isso a minha vida espiritual só pode estar centrada n’Ele e o apostolado que faço a Ele tem de conduzir. Assim seja! Amem.


LEITURA II – 1 Cor 1, 10-13.17


Irmãos: Rogo-vos, pelo nome de Nosso Senhor Jesus Cristo,
que faleis todos a mesma linguagem
e que não haja divisões entre vós,
permanecendo bem unidos,
no mesmo pensar e no mesmo agir.
Eu soube, meus irmãos, pela gente de Cloé,
que há divisões entre vós, que há entre vós quem diga:
«Eu sou de Paulo», «eu de Apolo», «eu de Pedro», «eu de Cristo».
Estará Cristo dividido?
Porventura Paulo foi crucificado por vós?
Foi em nome de Paulo que recebestes o Baptismo?
Na verdade, Cristo não me enviou para baptizar,
mas para anunciar o Evangelho;
não, porém, com sabedoria de palavras,
a fim de não desvirtuar a cruz de Cristo.