Confraternidade de Santa Filomena

Recado do Diretor Espiritual

banner homepage_icon

2021-01-17

Domingo II do Tempo Comum – Ano B 2021


Leitura do Primeiro Livro de Samuel (1 Sam 3, 3b-10.19)


Ideia principal: As Leituras deste domingo centram-se na disponibilidade para acolher os desafios de Deus. A iniciativa do chamamento é de Deus que vem ao encontro do homem e o chama pelo nome.
- O trecho lido relata a vocação de Samuel que, no século IX a.C., inicia em Israel o profetismo como ministério estável. Omitem-se pormenores da história, bem como as infidelidades de Eli. A liturgia quer centrar-nos no essencial: a obediência pronta de Samuel que, quando ainda criança, Ana, sua mãe, ofereceu ao Senhor e confiou ao cuidado do sacerdote Eli, no santuário de Silo, onde estava a Arca da Aliança.
- A voz de Deus fez-se ouvir de noite, quando não há barulhos capazes de dispersar a atenção...do coração! Deus, nunca se dirige a alguém através de uma voz forte que vem do Céu. O Seu chamamento – Deus chama sempre pelo nome de cada um – não se ouve com os ouvidos, mas no íntimo, no coração daquele que Ele chama. Há muitos os pontos comuns entre a vocação de Samuel e a nossa vocação, não há?
- Samuel, apesar de estar ao serviço do santuário, tem dificuldade em reconhecer a voz de Deus. O autor sagrado sublinha o papel de Eli na descoberta vocacional do jovem Samuel. Percebe que é Deus quem o chama e ensina-o a abrir-Lhe o coração: «fala, Senhor; o teu servo escuta»”. Os irmãos que nos rodeiam têm um papel decisivo na perceção da vontade de Deus a nosso respeito e na resposta que Lhe damos.


Rezar a Palavra e contemplar o Mistério


Ó Deus, que sempre nos precedes e tens a iniciativa! Hoje dou-te graças porque sintonizaste os ouvidos do meu coração com a Tua voz, quando pronunciaste o meu nome! Aceitei a missão que me deste, apoiado, não nas minhas forças, mas no Teu poder; e não fui defraudado… Apesar das minhas tibiezas e cobardias, o Espírito Santo vai pondo na minha boca palavras de anúncio aos irmãos. Bendito sejas, ó Deus! Amem.


LEITURA I – 1 Sam 3, 3b-10.19


Naqueles dias, Samuel dormia no templo do Senhor,
onde se encontrava a arca de Deus.
O Senhor chamou Samuel e ele respondeu: «Aqui estou».
E, correndo para junto de Heli, disse: «Aqui estou, porque me chamaste».
Mas Heli respondeu: «Eu não te chamei; torna a deitar-te».
E ele foi deitar-se. O Senhor voltou a chamar Samuel.
Samuel levantou-se, foi ter com Heli e disse: «Aqui estou, porque me chamaste».
Heli respondeu: «Não te chamei, meu filho; torna a deitar-te».
Samuel ainda não conhecia o Senhor, porque, até então,
nunca se lhe tinha manifestado a palavra do Senhor.
O Senhor chamou Samuel pela terceira vez.
Ele levantou-se, foi ter com Heli e disse: «Aqui estou, porque me chamaste».
Então Heli compreendeu que era o Senhor que chamava pelo jovem.
Disse Heli a Samuel: «Vai deitar-te; e se te chamarem outra vez, responde:
‘Falai, Senhor, que o vosso servo escuta’».
Samuel voltou para o seu lugar e deitou-se.
O Senhor veio, aproximou-Se e chamou como das outras vezes: «Samuel! Samuel!»
E Samuel respondeu: «Falai, Senhor, que o vosso servo escuta».
Samuel foi crescendo; o Senhor estava com ele
e nenhuma das suas palavras deixou de cumprir-se.

ConegoArmandoDuarte

Cónego Armando Duarte

Recados Anteriores