Confraternidade de Santa Filomena

Recado do Diretor Espiritual

banner homepage_icon

2020-11-08

XXXII Domingo do Tempo Comum – Ano A


Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Tessalonicenses
(1 Tes 4, 13-18)


Ideia principal: A Palavra deste domingo convida-nos à vigilância. Todo aquele que tiver aderido a Jesus e se tiver identificado com Ele irá ao encontro do Senhor e permanecerá com Ele para sempre.
- A estadia de Paulo em Tessalónica foi curta, por isso terá sido pouco aprofundada a catequese aos tessalonicenses. Porém, eles não se conformam com a sua ignorância, sobretudo naquilo que diz respeito ao essencial, ou seja, à vida após a morte. Qual será a sorte dos cristãos que morrerem antes da segunda vinda de Cristo? Se já estão mortos, como poderão sair ao encontro de Cristo e entrar no Reino de Deus?
- Os tessalonicenses, como as comunidades cristãs daquele tempo, pensavam que a segunda vinda de Cristo estaria para breve. Os rabis, em virtude das inúmeras desgraças e humilhações que se tinham abatido sobre Israel, ensinavam estar próximo o final dos tempos. Também algumas frases de Jesus, mal interpretadas, alimentavam essa expectativa. Naquele tempo, como hoje, os milenaristas estão sempre à espreita…
- São Paulo interveio, para que os tessalonicenses não andassem tão preocupados e tristes… Os que já tiverem morrido em Cristo na altura da segunda vinda de Jesus, ressuscitarão primeiro; e os que estiverem vivos serão arrebatados, isto é, serão glorificados. Ou seja, todos os tiverem vivido no Senhor… estaremos sempre com o Senhor. Esta é a certeza da fé capaz de consolar, tanto os tessalonicenses, como a nós.


Rezar a Palavra e contemplar o Mistério


Senhor, que nos chamais a entrar conTigo na glória! São Paulo consola-nos dizendo que as portas do Reino eterno estão abertas e por elas entrarão tanto os que já tiverem morrido quer os que ainda estiverem vivos aquando da Tua segunda vinda. A condição é estar conTigo, Senhor, nestes dias da nossa vida mortal. Sabedoria do Pai, ajuda-me a escolher sempre a melhor parte, que és Tu, meu Senhor e meu Deus! Amem.


LEITURA II – 1 Tes 4, 13-18


Não queremos, irmãos, deixar-vos na ignorância
a respeito dos defuntos,
para não vos contristardes como os outros, que não têm esperança.
Se acreditamos que Jesus morreu e ressuscitou,
do mesmo modo, Deus levará com Jesus
os que em Jesus tiverem morrido.
Eis o que temos para vos dizer, segundo a palavra do Senhor:
Nós, os vivos, os que ficarmos para a vinda do Senhor,
não precederemos os que tiverem morrido.
Ao sinal dado, à voz do Arcanjo e ao som da trombeta divina,
o próprio Senhor descerá do Céu,
e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro.
Em seguida, nós, os vivos, os que tivermos ficado,
seremos arrebatados juntamente com eles sobre as nuvens,
para irmos ao encontro do Senhor nos ares,
e assim estaremos sempre com o Senhor.
Consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

ConegoArmandoDuarte

Cónego Armando Duarte