Confraternidade de Santa Filomena

Recado do Diretor Espiritual

banner

2022-03-27

Domingo IV da Quaresma – Ano C


Leitura da 2ª Epístola do Apóstolo São Paulo aos Coríntios
(2 Cor 5,17-21)


Ideia principal: Acolher a oferta de amor que, por Jesus, Deus nos faz, torna-nos criaturas novas, reconciliadas com Deus e com os irmãos.
– Já na quarta feira de Cinzas, escutámos parte deste trecho da carta de Paulo a que hoje voltamos… os cristãos de Corinto são perturbados, por um lado, pelos “judaizantes” com a pretensão de lhes impor a prática da Lei de Moisés; por outro lado, pelos “liberais”, que denunciavam o rigorismo de São Paulo. Uns e outros se apresentam como Apóstolos e põem em causa a validade do ministério de quem os evangelizou.
– São Paulo vai a Corinto para repor a verdade, mas, em vez disso, a sua autoridade foi ultrajada por um representante da comunidade (cf. 2 Cor 2,5-11;7,11). Paulo regressa a Éfeso, de onde “por entre muitas lágrimas” escreve uma severa carta que se perdeu. Também envia Tito a Corinto com a missão de fazer a reconciliação. Só depois, com o coração pacificado, escreve esta carta, fazendo a apologia do seu ministério.
– O verbo “reconciliar” e a palavra “reconciliação” aparecem 5 vezes nos poucos versículos lidos como 2ª Leitura. A reconciliação não resulta do esforço das partes desavindas, nem de práticas ascéticas ou ritos de purificação… É um dom de Deus que se acolhe pela escutando, com a mente e com o coração, a Palavra. Por esse dom, eliminam-se as contendas e, reconciliados com Deus, tornamo-nos uma nova criatura.


Rezar a Palavra e contemplar o Mistério


Meu Deus, em Cristo ofereces-me a reconciliação que faz de mim um homem novo. Louvado sejas, Jesus! Na Cruz remiste os meus pecados, arrancaste-me ao domínio do mal para viver uma vida nova. Pela Cruz ensinaste-me o amor total, o amor que se dá, sem o egoísmo que impede uma relação autêntica de comunhão com Deus e com os irmãos. Senhor, Tu me reconciliaste; faz-me embaixador da reconciliação! Amem.


LEITURA II – 2 Cor 5,17-21


Irmãos:
Se alguém está em Cristo, é uma nova criatura.
As coisas antigas passaram; tudo foi renovado.
Tudo isto vem de Deus,
que por Cristo nos reconciliou consigo
e nos confiou o ministério da reconciliação.
Na verdade, é Deus que em Cristo reconcilia o mundo consigo,
não levando em conta as faltas dos homens
e confiando-nos a palavra da reconciliação.
Nós somos, portanto, embaixadores de Cristo;
é Deus quem vos exorta por nosso intermédio.
Nós vos pedimos em nome de Cristo:
reconciliai-vos com Deus.
A Cristo, que não conhecera o pecado,
Deus identificou-O com o pecado por causa de nós,
para que em Cristo nos tornemos justiça de Deus.

ConegoArmandoDuarte

Cónego Armando Duarte