Confraternidade de Santa Filomena

Recado do Diretor Espiritual

banner

2022-03-20

Domingo III da Quaresma – Ano C


Leitura da 1ª Epístola do Apóstolo São Paulo aos Coríntios
(1 Cor 10,1-6.10-12)


Ideia principal: A conversão não acontece pelo cumprimento de ritos externos e vazios, mas pela comunhão de vida com Deus.
- Comer os idolótitos, ou seja, o sobejo da carne imolada aos ídolos que era comercializada, era ou não lícito? Muitos coríntios se perguntavam sobre se comprar e comer essa carne, não seria, de alguma forma, participar nos cultos idolátricos? Paulo esclarece-os: dado que os ídolos não são nada, comer ou não dessa carne é indiferente. Porém, havendo o perigo de tal escandalizar os irmãos, evite-se comer dessa carne.
- No seu esclarecimento, o apóstolo vai mais longe… comer ou não comer carne imolada aos ídolos não é importante; o importante é não voltar a cair na idolatria e fazer um esforço sério por viver em comunhão com Deus. Nenhuma formalidade é importante para a salvação e o batismo não passa de uma formalidade se não é assumido. Pensar que o ritual do batismo é um “passaporte para o céu”, é uma ilusão perigosa…
- São Paulo ilustra o seu ensinamento com um exemplo tirado da História da Salvação: os hebreus, apesar de na sua peregrinação pelo deserto terem passado sido favorecidos por muitos prodígios, a maioria deles não entrou na Terra Prometida. E isto é uma lição para nós… não pensemos que as graças de Deus atuam de forma mágica. Para entrar na Terra Prometida é preciso viver, coerentemente, como filhos de Deus.


Rezar a Palavra e contemplar o Mistério


Pai Santo, Deus misericordioso… ressoa em mim a advertência do apóstolo: “quem julga estar de pé tome cuidado para não cair”. Não bastam os ritos, não basta a letra… Os sacramentos não significam nada e não realizam nada se não houver uma adesão verdadeira à Tua santa vontade. Pelas graças deste tempo da quaresma possa eu, Senhor, abater o meu orgulho, submeter-me a Ti, a fim de viver como discípulo. Amem


LEITURA II – 1 Cor 10,1-6.10-12


Irmãos:
Não quero que ignoreis
que os nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem,
passaram todos através do mar e na nuvem e no mar,
receberam todos o batismo de Moisés.
Todos comeram o mesmo alimento espiritual
e todos beberam a mesma bebida espiritual.
Bebiam de um rochedo espiritual que os acompanhava:
esse rochedo era Cristo.
Mas a maioria deles não agradou a Deus, pois caíram mortos no deserto.
Esses factos aconteceram para nos servir de exemplo,
a fim de não cobiçarmos o mal, como eles cobiçaram.
Não murmureis, como alguns deles murmuraram,
tendo perecido às mãos do Anjo exterminador.
Tudo isto lhes sucedia para servir de exemplo
e foi escrito para nos advertir, a nós que chegámos ao fim dos tempos.
Portanto, quem julga estar de pé tome cuidado para não cair.

ConegoArmandoDuarte

Cónego Armando Duarte