Confraternidade de Santa Filomena

Recado do Diretor Espiritual

banner homepage_icon
2020-02-16

Domingo VI do Tempo Comum – Ano A


Leitura da Primeira Epístola do Apóstolo São Paulo aos Coríntios (1 Cor 2, 6-10)

Ideia principal: O projeto salvador de Deus, revelou-o Jesus sobretudo com a Sua morte na Cruz, que manifesta a medida do amor de Deus, proposto ao homem como caminho de salvação.
- Continuamos na discussão sobre a verdadeira sabedoria, cujo ponto de partida foi a pretensão dos coríntios em fazer da fé cristã mais um caminho filosófico ou a uma ideologia, que, como nas escolas filosóficas gregas, devia ter a orientação de mestres: para uns, Paulo, para outros Pedro, para outros Apolo… Paulo opõe-se, consciente que o único mestre é Cristo e que a verdadeira sabedoria resulta da Cruz.
- A sabedoria divina, pregada por Paulo, só “os perfeitos” - isto é, aqueles já com uma maior maturidade cristã, humana e sobrenatural - a podem entender. A sabedoria da Cruz é misteriosa e oculta, o que não significa contrária à razão humana… é sim sobrenatural, procede da Revelação divina, e por isso só está ao alcance dos que têm fé. Os príncipes deste mundo só não a entendem porque não têm fé.
- São Paulo afirma claramente a divindade de Jesus e do Espírito Santo… o Senhor da glória: Jesus é chamado de Senhor - Kyrios, que no grego traduz Yahwéh – e a sua qualidade de Senhor é o atributo divino, glória; O Espírito Santo penetra todas as coisas, até o que há de mais profundo em Deus – porque é Deus, o Espírito Santo conhece o que há no abismo incomensurável e impenetrável de Deus!


Rezar a Palavra e contemplar o Mistério


Ó Deus, Pai Santo, que desde sempre me escolheste para ser santo e chegar à vida plena no Teu Reino. Enviaste o Teu Filho Jesus, ó Pai, que me libertou do pecado e, entregando-Se na Cruz, me introduziu nesta comunhão de vida com Deus-Trindade e com os irmãos; mistério atual na minha vida e em cada crente pela ação do Espírito Santo que conduz à identificação plena com Jesus. Bendito sejas, ó Deus! Amem.


LEITURA II – 1 Cor 2, 6-10


Irmãos: Nós falamos de sabedoria entre os perfeitos,
mas de uma sabedoria que não é deste mundo,
nem dos príncipes deste mundo, que vão ser destruídos.
Falamos da sabedoria de Deus, misteriosa e oculta,
que já antes dos séculos Deus tinha destinado para a nossa glória.
Nenhum dos príncipes deste mundo a conheceu;
porque se a tivessem conhecido,
não teriam crucificado o Senhor da glória.
Mas, como está escrito, «nem os olhos viram, nem os ouvidos
escutaram, nem jamais passou pelo pensamento do homem
o que Deus preparou para aqueles que O amam».
Mas a nós Deus o revelou por meio do Espírito Santo,
porque o Espírito Santo penetra todas as coisas,
até o que há de mais profundo em Deus.

ConegoArmandoDuarte

Cónego Armando Duarte