Confraternidade de Santa Filomena

Recado do Diretor Espiritual

banner homepage_icon
2020-03-01

I Domingo da Quaresma – Ano A


Leitura da Epístola do Apóstolo São Paulo aos Romanos (Rm 5, 12.17-19)

Ideia principal: A atitude de Adão gera egoísmo, sofrimento e morte; o jeito de Jesus viver, ao invés, gera vida plena e definitiva.
- No início da quaresma, a Palavra de Deus convida-nos à “conversão” – isto é, a recolocar Deus no centro da nossa existência, a aceitar a comunhão com Ele, a escutar as suas propostas e pô-las em prática. Paulo, na II Leitura, propõe-nos dois exemplos: Adão, por cuja desobediência, veio o sofrimento e a morte; Jesus, que viveu na obediência às propostas de Deus… Por Ele nos vem a vida plena e definitiva.
- Este trecho de Romanos fundamente a doutrina sobre o pecado original, resumida no nº 403 do Catecismo da Igreja Católica: “Depois de S. Paulo, a Igreja sempre ensinou que a imensa miséria que oprime os homens, e a sua inclinação para o mal e para a morte não se compreendem sem a ligação com o pecado de Adão e o facto de ele nos transmitir um pecado de que todos nascemos infetados e que é a morte da alma”.
- Importante para nós, como esforço para esta quaresma, é aquilo que foi uma evidência para o Apóstolo: a intervenção de Cristo na história humana trouxe consigo um dinamismo de esperança, de vida nova, de vida autêntica. Cristo veio propor à humanidade um caminho de comunhão com Deus e de obediência aos seus projetos; é esse caminho que conduz o homem rumo à salvação.


Rezar a Palavra e contemplar o Mistério


Ó Deus, paciente! São muitos aqueles que creem que a fonte da salvação não está em Ti, mas no homem e nas suas conquistas; recusam-Te, Senhor, pois não aceitam qualquer autoridade exterior à Razão; e exaltam o individualismo e a auto-suficiência, Tem compaixão, ó Deus clemente! Dou-te graças pois me ensinaste a ver-me na luz de Cristo, e, iluminado por essa Luz, a avançar no caminho filial, fraternal, batismal. Amem.


LEITURA II – Romanos, 5, 12. 17-19


Irmãos:
Assim como por um só homem entrou o pecado no mundo
e pelo pecado a morte, assim também
a morte atingiu todos os homens, porque todos pecaram.
Se a morte reinou pelo pecado de um só homem,
com muito mais razão, aqueles que recebem com abundância
a graça e o dom da justiça,
reinarão na vida por meio de um só, Jesus Cristo.
Porque, assim como pelo pecado de um só,
veio para todos os homens a condenação,
assim também, pela obra de justiça de um só,
virá para todos a justificação que dá a vida.
De facto, como pela desobediência de um só homem,
muitos se tornaram pecadores,
assim também, pela obediência de um só,
muitos se tornarão justos.

ConegoArmandoDuarte

Cónego Armando Duarte