Santa Filomena em Portugal

Lugares de Culto

banner homepage_icon

Açores           

Ilha Terceira

Igreja Paroquial de São Bartolomeu, Angra do Heroísmo

Esta igreja situa-se na freguesia de São Bartolomeu dos Regatos, a oeste de Angra do Heroismo. O edifício foi construído em 1500, renovado em 1967 e reparado após o sismo de 1980.
O orago da paróquia é o apóstolo São Bartolomeu, cuja festa litúrgica se celebra a 24 de agosto.
A imagem de Santa Filomena existente no interior está presente desde o ano de 1922. Após a instrução da Congregação dos Ritos de 1961, a imagem foi retirada do seu lugar habitual, encontrando-se atualmente no fundo da Igreja, aonde alguns fiéis ainda se deslocam para uns momentos com a Santa da sua devoção.


Fotos de Ricardo Brum, com autorização expressa do autor.


Ilha de São Jorge

Ermida de Santa Filomena na Fajã da Penedia, Norte Pequeno, Calheta

Esta ermida, embora de pequenas dimensões é muito bonita, graças ao contraste entre as pedras de basalto negro e a cantaria pintada de branco que constituem as suas paredes, numa demonstração da arte admirável e extraordinária de bem trabalhar a pedra.
Pertence à Paróquia de Norte Pequeno, cujo orago é São Lázaro com festa litúrgica a 29 de Julho ou 17 de Dezembro.
Benzida no dia 27 de Maio de 1889 e dedicada a Santa Filomena, cuja imagem se encontra num pequeno nicho no altar mor, tem sido, ao longo dos tempos, destino, em romaria, de muitos devotos de toda a ilha para cumprimento de promessas ou invocação de novas graças.
Esta tradição ainda se mantém nos dias de hoje: anualmente no último domingo de agosto, tem lugar aqui uma grande festa, constando de missa e procissão, bem como de outras atividades populares como arrematações e garraiadas. Nos últimos anos tem sido costume servir-se as tradicionais sopas do Espírito Santo aos peregrinos.


Aceda ao Boletim da Paróquia de Norte Pequeno.


Saiba o que são as "Sopas do Espírito Santo".


Fontes: siaram.azores.gov.pt, //pt.wikipedia.org
Fotos de: José Luís Ávila Silveira/Pedro Noronha e Costa (com a devida vénia)


Ilha do Pico

Igreja de S. Sebastião, Paróquia da Calheta de Nesquim

Na Calheta de Nesquim, um importante e antigo porto baleeiro no séc. XIX, podemos encontrar a Igreja de São Sebastião construída em meados desse século.
A festa litúrgica do Padroeiro ocorre no domingo mais próximo de 20 de Janeiro.
Em 1948, foram colocados novos sinos e um relógio no frontispício da igreja, bem como as imagens de Santa Filomena e Santa Teresinha graças a Lourenço Oliveira, um emigrante bem sucedido nos Estados Unidos da América e daqui natural.


Fontes: www.visitportugal.com e www.freguesias.pt


Ilha das Flores

Igreja da Santíssima Trindade, Paróquia do Mosteiro

"A freguesia do Mosteiro assemelha-se a um lugar paradisíaco, retirado de um conto de fadas. Muito bem arrumada, limpa e ajardinada, com a sua igreja..." [1] consagrada à Santíssima Trindade, onde se encontra uma imagem de Santa Filomena muito peculiar, prova que a fé pode não ter limites: o cabelo é autêntico, isto é, humano, doado por uma senhora que o deixa crescer para depois oferecê-lo à santa, sendo que, também as vestes são de tecido verdadeiro, confecionadas e bordadas por costureiras e artesãs locais.
Aqui na Ilha das Flores, a devoção a Santa Filomena remonta a meados do século XIX, quando se procedeu à inauguração desta igreja, cuja construção foi financiada por um filho da terra, Sr. António de Freitas, ex-emigrante em Macau e grande devoto da santa, cuja imagem ele providenciou para que estivesse presente desde a abertura da igreja.
Esta devoção tem-se mantido ao longo dos tempos e, desde há muitos anos, aqui se presta homenagem a Santa Filomena, com festividades anuais no terceiro fim de semana de agosto, que incluem uma missa solene seguida de procissão, na qual a imagem sai num andor decorado a preceito e transportado pelos seus devotos.


[1] http://ailhadasflores.blogspot.pt/2015/08/a-freguesia-do-mosteiro.html


Veja o vídeo "Festa de Santa Filomena ilha das Flores" (2013) por José Agostinho Serpa.