Santa Filomena em Portugal

Lisboa, 27 de maio de 2018

banner homepage_icon
Igreja Santa Catarina, Lisboa

Foi a 25 de Maio de 1802, nas catacumbas de Priscilla, Roma, que o túmulo de Santa Filomena foi descoberto e reconhecido como sendo de um Santo Mártir.
Todos os anos a data é celebrada na igreja de Santa Catarina, em Lisboa, no Domingo imediatamente a seguir a este dia.
No passado Domingo, dia 27 de Maio, o padre e pároco desta igreja, D. Pedro Boto, presidiu às Celebrações Eucarísticas em honra de Santa Filomena conjugando e dissertando, de forma única, sobre a Princesa Celestial e o Mistério da Santíssima Trindade que se celebrou no mesmo Domingo. A homilia eloquente de D. Pedro Boto prendeu-nos por alguns minutos às palavras do Evangelho e à vida de Santa Filomena.
A imagem jacente de Santa Filomena estava exposta destacadamente na base do Altar-mor, ladeada por flores vermelhas e brancas (símbolos do Martírio e da Pureza) magnífica e intencionalmente misturadas.
Foi também no mesmo ambiente de Paz, Serenidade e Fé que, após a Santa Missa, D. Pedro Boto deu a beijar a Relíquia Ex-indumentária da Princesa Celestial, oferecida há anos pelo Santuário de Santa Filomena (Mugnano del Cardinale, Itália) onde repousam os seus Restos Mortais.
Convidamo-lo/a desde já, a participar nestas Celebrações Eucarísticas no Domingo dia 26 de Maio de 2019, às 10 horas, na igreja de Santa Catarina (Calçada do Combro, Lisboa). Por certo, vai ficar deslumbrado/a ao visitar uma das mais belas e imponentes igrejas de Lisboa, cuidadosamente restaurada em 2005 com a chancela do pároco, D. Pedro Boto.
A Princesa Celestial Filomena ficará feliz com a sua presença..

separador-horizontal
Santa Filomena, Lisboa

 

Santa Filomena, Lisboa

 

Santa Filomena, Lisboa

 

Santa Filomena, Lisboa

 

Santa Filomena, Lisboa

 

Santa Filomena, Lisboa

 

separador-horizontal

Texto de Filomena Garcia, Coordenadora Responsável pela Arquiconfraria Universal de Santa Filomena em Portugal.